Morreu na tarde dessa sexta-feira (16) em Aracaju – SE, a cantora paraibana Eliza Clívia, de 37 anos, que foi vocalista das bandas Cavaleiros do Forró e Sela de Aço. Ele foi uma das vítimas de uma acidente que envolveu um pálio Prata e um ônibus.

O forró está em luto com morte da cantora que segui carreira solo, depois de se deligar da banda Cavalo de aço com que liderava com o antigo companheiro Jailson Santos. Ela ficou famosa depois de surgi na banda Cavaleiros do Forró, hoje liderada por Peruano.

Trajetória

Influenciada por seu pai sanfoneiro, Eliza começou sua carreira de cantora na cidade de Monteiro (PB) onde ingressou no grupo Big Banda que depois mudou o nome para Laços de Amor. Em 2003, entrou para a Cavaleiros do Forró onde permaneceu por dez anos, nesse período participou da gravação de nove CDs e seis DVDs. Em 2013, foi anunciado seu desligamento da banda junto com Jaílson Santos (com foi casada até 2016), o motivo segundo a própria Eliza seria de questão salarial. Em março de 2013, Eliza e Jaílson anunciaram seu retorno aos palcos no Forró Cavalo de Aço, onde permaneceu durante cinco anos, ao lado de Marcelo Jubão e Neto Araújo. Em 2017 a cantora anunciou seu desligamento da banda Cavalo de Aço para investir em sua carreira Solo. Faleceu em 16 de Junho de 2017, vítima de acidente de carro.

Veja também

Comente via Facebook

comentários

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA